Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
» Flaute (Campo)
Seg Mar 04, 2013 8:48 pm por Leonard Whitebane

» Ruas de Yugurnorth
Qua Dez 19, 2012 8:35 am por Yuuki Gold

» Castelo Whitebane
Seg Dez 17, 2012 4:56 pm por Narrador

» [Técnicas] - Alice Cronwell
Qua Dez 12, 2012 1:39 pm por Leonard Whitebane

» [Ficha] - Alice Cronwell
Qua Dez 12, 2012 10:35 am por Yuuki Gold

» Niklaus Whitebane
Qua Dez 12, 2012 9:20 am por Niklaus Whitebane

» Mar pedra do dragão
Ter Dez 11, 2012 6:30 pm por Niklaus Whitebane

» Porto das pérolas
Ter Dez 11, 2012 5:53 pm por Niklaus Whitebane

» Habilidades de Leonard Whitebane
Seg Dez 10, 2012 9:25 am por Yuuki Gold

Parceiros
Fórum grátis

Quem está conectado
Não há nenhum usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e nenhuma Visita :: 1 Motor de busca

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 16 em Qua Jul 10, 2013 4:18 am

Historia do RPG

Ir em baixo

Historia do RPG

Mensagem por Leonard Whitebane em Seg Set 10, 2012 1:44 pm

A muito tempo atrás na pequena comunidade agrícola de Fiora de a primeira de dragão em toda a historia da humanidade, o dragão surgiu voando de trás das montanhas geladas de Giandemord, todos os fazendeiros e aldeões que viviam pelas redondezas ao verem a esplendorosa criatura de escamas douradas e asas imensas com oque pareciam ser garras saindo de sua ponta começar a correram por toda a cidade gritando e anunciando o fim dos tempos dizendo que Deus havia enviado seu anjo para destruir todos os impuros e levar os merecedores para o paraíso, o dragão desceu no meio da cidade e três aldeões jovens foram até, Olfrid o mais velho dos três foi até o dragão e disse.

-Criatura! diga oque pretende fazer em nossa vila.-Olfrid tira de seu sinto uma espada velha e enferrujada.- se não teremos de lutar!.

o dragão abaixa sua cabeça levando-a próxima de Olfrid que agora tremia como um gatinho assustado e abre sua imensa bocarra em um urro bestial o garoto cai de costas no chão e então o dragão da uma risada e diz.

-Eu sou Sheograph o pai de todos, a muito minha raça vêm observando os humanos crescendo e decidimos que são merecedores de nossa sabedoria, e pergunto a vocês três, querem ter a benção e ver a vida como um de nós vê?

Olgraf com medo se afasta e vai pra perto dos outros dois jovens, depois de um tempo Greta a unica garota do grupo e também a mais jovem entre eles se aproxima se ajoelha e diz.

-Eu aceito de bom grado sua benção, oh pai de todos.

Então Sheograph aproxima sua cabeça da garota e abriu sua bocarra, ele poderia engoli-la sem muito esforço sô bastava se aproximar mais um pouco da garota, e então com uma baforada soltou uma nevoa de um azul intenso sobre a garota, Greta podia sentir a energia de Sheograph fluindo dentro de seu corpo correndo junto a seu sangue, ao fechar a boca essa mesma energia azul era exalada pelo corpo de Greta a garota olhou para suas mãos e voltou a fitar o rosto da enorme criatura e disse.

-Meu senhor oque é essa energia azul tão bela e tão quente fluindo pelo meu corpo.

Sheograph ergueu sua cabeça e disse.

-Isso minha filha é o mana e a energia que te permitira ter o dom da magia, com a magia poderá tanto destruir como criar com simples palavras ou pensamentos.

Draven irmão mais velhos de greta se aproximou de Sheograph e disse.

-Meu senhor, também gostaria de receber sua benção.

Sheograph o olhou e disse.

-Agora é tarde de mais meu filho, mas não se preocupe todos receberam um presente.- Sheograph novamente abaixou sua cabeça e soprou uma nevoa verde sobre os três.- todos vocês receberam o a imortalidade como presente pela sua bravura, Olfrid você também recebeu a bravura e a força dos dragões o meu povo, agora não terá inimigo que não possa enfrentar, Greta você agora tem a sabedoria dos dragões e a habilidade de controlar a magia e por ultimo Draven você ganhou a capacidade de se tornar um de nós, mais lembre-se depois de se transformar em um dragão jamais poderá voltar a ser humano.

Os três jovens sem aproximaram de Sheograph e se ajoelharam, Olfrid disse.

-Muito obrigado meu senhor aceitarei a sua benção e a usarei para proteger meu povo.

logo após de ouvir as palavras de Olfrid, Greta diz.

-Muito obrigada meu senhor, com minha benção irei ensinar ao meu povo.

Draven meio confuso diz.

-Muito obrigado grande pai de todos, mas não sei oque farei com minha benção ainda.

Sheograph levanta voo e faz com que os três jovens voem com ele, ele para em um ponto da cidade onde todos os aldeões poderiam velos claramente e diz com sua poderosa voz.

-Ousam humanos, Eu sou Sheograph o pai de todos e vim lhes trazer uma dadiva e esses três jovens são essa dadiva, eles são os carregadores da palavra e a partir de hoje serão conhecidos como: Greta a sabia, Olfrid o Grande e Draven o Sagrado.

apos aquele dia os humanos começara a venerar Sheograph e os seus escolhidos como deuses, com o passar do tempo outros dragões foram aparecendo e outras "religiões" que os veneravam sendo criadas, e essas religiões começaram a entrar em conflito muitas guerras aconteciam no pais de Sheogarmeth (que recebeu esse nome em homenagem ao seu deus maior, Sheograph o pai de todos) a unica região que permanecia pacifica era Fiora, que hoje era a capital magica do pais, sua torres rúnicas conhecidas por conter muitos segredos e artefatos mágicos eram visitadas por muitos mais poucos voltavam, mesmo tendo suas pequenas guerrilhas religiosas o pais de Sheogarmeth é um lugar bom de se viver, e é dentro desse mundo mistico que é regido pelos três escolhidos e os dragões que vocês começam suas aventuras.

Leonard Whitebane
Admin

Mensagens : 253
Data de inscrição : 09/09/2012

Ver perfil do usuário http://theancientdragonsrpg.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum